Editorial em português

por Alexandre Dias Ramos

| English version |

Visitar um amigo, um país ou uma exposição de arte nos faz ir a um lugar que não é o nosso e experimentar a vivência do outro; é poder conhecer novos mundos e ensinar e aprender com outras pessoas. Nunca saímos da mesma forma que entramos. E esse espaço entre a entrada e a saída é que nos interessa.

A visita não precisa ser formal e nem mesmo em local apropriado. Cada vez mais é possível perceber que a experiência artística (e curatorial) deixou há muito tempo de ser exclusiva dos templos canônicos e passou a habitar uma infinidades de lugares. Vale o museu, mas vale também nossa cidade ou a sala da nossa casa.

As questões estão menos nas coisas em si e mais no processo e no diálogo para chegar até elas. A Revista VISIT apresenta um pouco desse processo: a pesquisa, a preparação e a reflexão que envolve o mundo da arte. Assim, esta revista é um espaço para expor ideias e percepções sob um determinado ponto de vista. Como numa boa conversa, aqui teremos vários deles.

Entre, seja benvindo.